A Primeira Fotografia no Município de Barra de São Miguel?


O ano é 1909... o evento é um casamento no Sítio... um “hábil” fotógrafo “amador”... uma pose e pronto: temos um instante para a eternidade!
Este blog pretende ser uma construção coletiva, por isto a indagação inicial do texto. Se algum cidadão barrense dispor de foto com datação mais antiga, será um prazer noticiar neste espaço. Por hora analisemos a imagem que segue:


O Título é: OS CASAMENTOS NO INTERIOR

Na legenda é possível ler:
Grupo tirado na fazenda ‘Bichinho’, no município de Cabaceiras, Estado da Parahyba, por occasião do casamento da filha do capitão Pedro Ferreira Pedrosa, a senhorita Maria Melchiades Pedrosa, com o major Eduardo Ferreira.
Uma afinada charanga, uniformizada de branco, abrilhantou o acto solemne.
                                                                                 (Chiché do hábil phot. amador Tertuliano Silva)

Um desafio para aqueles que pesquisam a história de Barra de São Miguel é justamente encontrar os fatos no emaranhado de trocas de nomes do Município e sua condição de Distrito pertencente a Cabaceiras até o ano de 1961. 

Apesar de não ser citado textualmente o nome de “Barra de São Miguel” no Jornal, é possível afirmar que esta imagem foi realizada em seu atual território. Constatamos isto na citação da Fazenda ‘Bichinho’, localizada a leste da sede do Município, além do evento tratar-se de casamento entre famílias locais, das mais tradicionais no período, Pedrosa e Ferreira.

Neste momento inicial de nosso blog não conseguimos distinguir nenhum dos personagens (aguardamos contribuições). Todavia, nos é lícito conjecturar que boa parte dos “homens e mulheres” de certa camada social da cidade estavam pousados na imagem. Observem os lugares distintos ocupados pelos homens atrás das senhoras e senhoritas que estão sentadas a frente. Trata-se de uma fotografia pousada em um alpendre da casa grande da fazenda ‘Bichinho’ que muito nos diz de seu tempo.


Ao centro da imagem percebe-se um casal em destaque. Seriam os noivos? Seria o casal anfitrião da festa?
Sobre a “afinada charanga” trataremos em um post específico, em breve. Por hora, destacamos os músicos à esquerda no alto da imagem.
E o fotógrafo? Como diz a legenda este foi um “chiché do hábil phot. amador Tertuliano Silva”, ou seja, uma imagem do habilidoso fotógrafo amador Tertuliano Silva. Por hora não dispomos de maiores informações acerca deste pioneiro.

Esta imagem foi publicada no Jornal Carioca “O Malho” na edição nº 374 de 13 de novembro de 1909. Eis a capa a seguir:


Tem uma fotografia mais antiga? Nos envie! Tem fotografias que gostaria de dividir conosco? Nos envie! Teremos enorme prazer em compartilhar sua história, que na realidade é uma parte das memórias de Barra de São Miguel.

João Paulo França, 03 de maio de 2016.


Fonte:

Casamentos no Interior, “O Malho”, Rio de Janeiro, edição nº 374 de 13 de novembro de 1909, disponível em http://memoria.bn.br.