Livro "Cada escolha, uma renúncia: uma jornada do Cariri da Paraíba a Santiago de Compostela - Espanha"

    Você tem coragem de deixar sua rotina e embarcar em uma jornada de mais de 800 km de caminhada em outro país, com poucos recursos financeiros?

    Enquanto o(a) prezado(a) leitor(a) vai refletindo sobre a resposta, lhe informo que já está disponível o livro “Cada escolha, uma renúncia: uma jornada do Cariri da Paraíba a Santiago de Compostela – Espanha”, do autor peregrino, Isac Damasceno, natural de Recife, Pernambuco, que há alguns anos reside em Barra de São Miguel, terra que já faz parte de sua vida, desde as visitas empreendidas na juventude.

    A seguir, a capa da obra:


Conhecendo partes dessa história, estimulei o caminhante a colocar no papel suas inúmeras experiências e assim, nasceu a obra escrita, cuja apresentação tive o privilégio de escrever e a seguir a replico, como forma de estimular a leitura por completa do livro.

“Cada passo, uma história!

 

A cidade de Barra de São Miguel, no cariri da Paraíba, tem suas histórias e filhos locais que se destacam nas diferentes artes e profissões. Lembro o escritor Luiz Gonzaga Castelliano, a Miss Paraíba, Margarida Vasconcelos, o atleta de futebol, José Robson do Nascimento, o Robgol e o cineasta André da Costa Pinto. Eis uma lista que não para de crescer.

Todavia, uma outra característica marcante deste rincão paraibano é a sua gente afetuosa e acolhedora, que de tempos em tempos recebe em suas ruas, residências e locais de encontros, a inusitada presença de pessoas de outras localidades e regiões. É neste contexto, que há alguns anos recebemos o cativante Isac Alexandre Damasceno. Óbvio que, em cidade pequena, um nome tão forte e comprido, vira logo motivo de comentários e um novo ‘batizado’ é feito, nascendo assim o “Rasga” ou “Triguinologia Reversa”... De conversa fácil e jeito carismático, logo comenta-se que este não é um morador comum. É alguém que fez uma caminhada enorme em uma peregrinação na Europa, praticamente sem recursos.

O período eleitoral, que afasta, também aproxima pessoas e neste contexto tive a oportunidade de dialogar com “Rasga” e conhecer um pouco melhor suas aspirações e, principalmente, filosofia e história de vida, que assim como outras belas trajetórias, não se conta em uma obra apenas.

Das histórias soltas e descontinuadas ao incentivo pela escrita, eis que, enfim, Isac Damasceno nos brinda com sua potente narrativa com detalhes da peregrinação que ele fez pelo Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Para quem ainda não perdeu a esperança na humanidade, ou mesmo não se deixou levar pelas individualidades do tempo presente, a história aqui contada nos mostra a força da fé no ser humano, com suas falhas, incompletudes, ou mesmo mesquinharias, que não passaram despercebidas pela escrita do autor peregrino.

As histórias e situações descritas nas páginas seguintes são envolventes e emocionantes. Se o autor não as viveu, é um grande escritor romancista, porém, se as viveu, é além de um ótimo narrador, um vencedor. Obviamente, creio na segunda hipótese e, assim como Isac fez, o convido a fazer esta leitura de coração aberto e reflexivo. Terminada a instigante leitura, observe na segunda parte da obra imagens de locais e personagens reais por onde caminhou o peregrino escritor.

Por fim, destaco que a ‘cada passo, uma história’ e, nas palavras de Isac Damasceno, ‘cada escolha, uma renúncia’. Quais serão as suas, após a leitura desta obra?” (João Paulo França, professor e historiador)”

Isac Damasceno, o autor, em Finisterra-Espanha

O livro, cujo lançamento oficial ainda será feito, contém 91 páginas e pode ser adquirido junto do autor, ao preço de R$ 30,00. Para maiores informações, seguem seus contatos:

Telefone e WhatsApp: (83) 986354517.

E-mail: isacdamasceno@gmail.com

Instagram: @isac_alexandre_damasceno

Independente de sua resposta ao questionamento inicial, vale a pena a leitura deste livro, afinal, esta é uma escolha que pode contribuir para redefinir sua forma de enxergar a vida.

João Paulo França, 17 de junho de 2022

Terra do Arcanjo e seus encantos!

 Por Aila Samira da Costa Pinto¹

A melhor coisa do mundo é voltar pra

a alma e saber o caminho, o encanto tem pressa. Pois, nele a vida se renova e a memória afetiva é ativada. Mesmo ausente a Barra, sempre se faz presente dentro do coração da gente, relembrar cada data, nos traz emoção.

Como não lembrar da praça.

Do badalar do sino da igreja.

Da Semana Santa com malhação dos Judas?

Quem nunca se emocionou ao ver a banda passar e tocar um dobrado?

Das novenas do mês de maio e da coroação de Nossa Senhora?

Da festa de São Miguel.Com todos seus filhos e filhas entoando com fé o hino em sua homenagem e o "Quem Como Deus".

Da procissão do menino Jesus no alto do bola.

Sem esquecer da índia Potira que por essas terras, passou e fez história.

Num encanto, encantado, relembro de cada esquina de cada casa. De cada família que se funde/une e se faz, uma só que é povo da Barra.

Pois é de bem, paz e sonhos que se vive a alma e com encanto regamos a nossa vontade em demonstrar o amor à nossa terra tão amada.

Cidade luz do Cariri.

Terra do Arcanjo.

⁠Neste mundo afora existem tantos caminhos que fazem brilhar os olhos. Mas, o Arcanjo sempre mostra o caminho da volta e que nunca, se está sozinho(a) com a sua proteção.

Um passado de lembranças mágicas de quem brincou no palanque e andou pela praça.

Um presente de escolhas, aprendizados e um novo normal.

Um futuro de sonhos com fé e acreditando que as novas gerações, vão dar continuidade às nossas tradições e honrar os nossos ancestrais/antepassados com uma caixa de sonhos prontos a serem desenvolvidos.

Um lugar pequeno, lindo e encantador.

Mas, de grande valor quem esteve e bebeu a água daqui, jamais a esquece. Pois no peito permanece a hospitalidade, simplicidade, calor humano e a calmaria.

Barra de São Miguel, terra de paz, luz e poesia. Melhor lugar do mundo, quem é daqui ama e têm no coração essa altivez, honra, humildade, inteligência, beleza e alegria.

 

Barra de São Miguel, 09 de junho de 2022 

Imagem: Rede Social de André da Costa Pinto

¹ Aila Samira da Costa Pinto é graduada em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba. Atua nas áreas de Produção de Eventos, Produção Executiva para Audiovisual, Marketing e Gerenciamento de Carreira Artística Musical.

Sociedade São Miguel: Música, cultura e História em Barra de São Miguel, Paraíba

Neste dia 26 de abril parabenizamos a Sociedade Musical São Miguel, fundada em 1964 por moradores da cidade de Barra de São Miguel, pequeno município do cariri paraibano. Para saudar a passagem desta data, disponibilizamos nesta matéria parte da exposição que faz parte do acervo permanente da instituição, localizada em sua sede, na Rua Thomaz de Aquino, Centro da cidade.

Em 06 de agosto de 2021 foi entregue pela Prefeitura de Barra de São Miguel a revitalização e ampliação da Sede da Sociedade Musical. Deste dia, temos este registro da atual geração de músicos:

Filarmônica São Miguel, em 06 de agosto de 2021

Os sons harmoniosos da apresentação desta data podem ser acompanhados por meio de live que está disponível no YouTube da prefeitura de Barra de São Miguel, que no contexto da pandemia do Covid-19 passou a realizar estes eventos de maneira híbrida.

Todavia, a parte mais aguardada da noite foi a liberação do acesso dos presentes ao interior da Sede da Sociedade Musical São Miguel e o consequente conhecimento da exposição que foi montada.

Interior da Sede da Sociedade São Miguel

Com os esforços do Maestro Severino Sergio de Moura, que há muitos anos se faz presente à frente da Filarmônica, gerações de músicos não só são formados e lapidados em seus talentos com a música, como também são apresentados à noções importantes de cidadania, respeito e conhecimento pela cultura em geral e, de Barra de São Miguel, em particular. 

Com auxílio dos secretários Bartolomeu Pinto, de Cultura e José Clemilton Truta, de Finanças, a prefeitura de Barra de São Miguel, por intermédio do gestor, João Batista Truta, empreendeu importantes esforços para revitalizar este equipamento cultural do municipio. E o resultado pode ser conferido todos os dias, com o carinho e zelo que os músicos e integrantes da Sociedade Musical fazem uso do espaço.

O Maestro Sérgio e o cotidiano de ensaios

Poucas são as pessoas em Barra de São Miguel que em algum momento de suas vidas não participaram das atividades da Sociedade Musical. Seja na qualidade de principiante que pouco vai além das lições teóricas, passando por aqueles mais persistentes, que chegam a fase de aprendizagem com os instrumentos, até os que efetivamente passam a fazer parte da Filarmônica nas apresentações pelas festividades da região. Em todo este caminho, uma coisa é certa: o conhecimento da música se entrelaça com a cultura e a história da comunidade, de forma que novas gerações continuam a entoar belas melodias pelas ruas de Barra de São Miguel!

Não esqueçamos: A música e a Filarmônica de Barra de São Miguel são centenárias! No mínimo, remontam ao ano de 1907 as primeiras melodias feitas por músicos desta terra, com instrumentos e sob a batuta de um maestro do lugar. Infelizmente, por razões ainda desconhecidas, aquela chama inicial foi ficando em fogo brando nas décadas seguintes, de forma que nos anos 1940 e 1950 já não tínhamos compassos e notas musicais a serem executados pelos nossos moradores. A revitalização e novo impulso veio na década de 1960, com homens e mulheres de fibra que desta feita não só adquiriram instrumentos e contrataram um maestro, como ergueram este patrimônio físico que é a Sede da Sociedade Musical. É este momento festivo que lembramos nesta data! É esta história que devemos compartilhar e sedimentar cada vez mais nossa cultura de Barra de São Miguel! 

28º Título de Sócio Fundador da Sociedade Musical São Miguel

Parabéns Sociedade Musical! Vida longa à nossa Filarmônica! Perseverança a toda nossa juventude!

João Paulo França, 26 de abril de 2022

 

Acesse as imagens da Exposição Permanente da Sede da Filarmônica AQUI.

Acesse a Galeria de Maestros da Filarmônica AQUI.

Acesse a Live de reinauguração da Sede da Filarmônica AQUI.

Acesse outras matérias deste Portal de Memórias sobre a Filarmônica AQUI


1948 - Estudos para construção do Açude Riacho do Bichinho

O Açude Riacho do Bichinho, localizado ao nascente da sede do município de Barra de São Miguel foi construído no final da década de 1940. Nesta matéria trazemos uma série de documentos que apresentam estudos técnicos desta obra que foi conduzida pelo DNOCS - Departamento Nacional de Obras contra a Seca.

Página 1 e 2 do documento

Entre as informações pertinentes, destacamos que trata-se de um arquivo em PDF com 16 páginas, agregando mais de um documento. Inicialmente temos a "Ficha Técnica de Açude", datado de 22 de junho de 1995 e em seguida a "Memória Justificativa do Projeto" de 18 de setembro de 1948, assinado por Severino Nunes Lins, "Engº [enheiro] Encº [arregado] dos Serviços de Estudos".

Na "Ficha Técnica de Açude" há, por exemplo, a informação que em 19 de setembro de 1949 foi o início da construção e em 28 de julho de 1961 a conclusão. Já no documento "Memória, Justificativa do Projeto" trás o seguinte histórico: "Os estudos, projeto e orçamento do açude foram requeridos pelo Governo do Estado em 17 de julho de 1946, sendo os estudos autorizados pelo sr. Diretor Geral segundo ofício nº 403-T, em 19 de setembro do mesmo ano. A caução foi feita em 24 de outubro seguinte. Os estudos foram executados pelo Mestre XV Diogo Ribeiro Rocha, tendo sido iniciados em 28 de julho de 1947 e concluídos em 22 de outubro do mesmo ano. (...)

O documento completo pode ser acessado neste link AQUI.

Agradecemos ao jovem pesquisador David Lima que conseguiu e nos forneceu este material, que socializamos com os prezados leitores.

João Paulo França, 19 de abril de 2022.