O Cordel do "Boi mulatinho" de autoria de Didi Carneiro.

A Literatura de Cordel sempre foi uma importante fonte de conhecimento da cultura e da memória de um povo, em especial, do nordestino. Neste sentido, conhecer cordéis que retratam uma região e um tempo específico, muito nos auxilia no estudo da história.
Apesar de sua existência fazer parte da memória de moradores mais velhos de Barra de São Miguel, o Cordel "O boi mulatinho", de autoria de Didi Carneiro, pouco era conhecido pela nova geração. Na 1ª Feira Literária de Barra de São Miguel, realizada em 2014, foi recuperado e declamado por Ana Paula Ferreira Leite. No ano de 2015, cópias desta obra foram disponibilizadas para os participantes do evento.
Nesta data, nosso site traz a versão desta 2ª impressão. Veja quantos personagens da história local são mencionados:

Imagem 1 - Capa e contracapa da 2ª edição do cordel "O Boi mulatinho"

Imagem 2 - Página 01

Imagem 3 - Páginas 02 e 03

Imagem 3 - Páginas 04 e 05

Imagem 4 - Páginas 06 e 07

Imagem 5 - Páginas 08 e 09

Imagem 6 - Páginas 10 e 11
Tem a versão original? Possuí alguma outra obra ou imagens da história de Barra de São Miguel? Compartilhe conosco.

João Paulo França, 26 de março de 2018.


*Atualização no dia 27 de março de 2018:

Agradecemos a colaboração da Sra. Lucinalva Cordeiro, neta do Sr. Didi Carneiro, que nos enviou uma fotografia do referido autor do cordel "O Boi Mulatinho".

Fonte:

Acervo da Sra. Ana Paula Ferreira Leite.
Acervo da Sra. Lucinalva Cordeiro