Casamentos no início do século XX em Barra de São Miguel - PB

O nosso portal de memórias é construído coletivamente com a contribuição dos leitores, seja com informações e arquivos pessoais, seja com fotografias e imagens de Barra de São Miguel. Todavia, não nos limitamos apenas a estas fontes e também pesquisamos em diversos meios digitais e arquivos físicos, como o Fórum, as Câmaras Municipais, os livros paroquiais, etc.

A introdução desta nossa conversa é para mostrar duas descobertas que realizamos recentemente, com o auxílio de muitas pessoas que administram ou simplesmente amam a pesquisa histórica.

Os leitores mais atentos devem lembrar destes dois casamentos que passamos a mostrar:

Casamento 01 - Na matéria A Primeira Fotografia no Município de Barra de São Miguel? (Acesse aqui) mostramos uma matéria do Jornal "O Malho" na edição nº 374 de 13 de novembro de 1909. Segue a imagem: 

Imagem 01

Após pesquisa no Livro de Casamentos da Paróquia de Cabaceiras, a qual a Barra de São Miguel pertencia à época da fotografia, encontramos o seguinte registro:

Imagem 02

 Neste documento de época, conseguimos fazer a seguinte leitura:

Aos vinte dois dias  de setembro de mil novecentos e nove, depois de feitas as proclamações de estilo, na Fazenda Bichinho, dei minha licença perante as testemunhas João Jorge Pereira Tejo e Octaviano Pereira Tejo, o vigário João Tavares de Moura assistiu ao recebimento matrimonial dos (?) Eduardo Ferreira filho legítimo de Quirino Eduardo Ferreira, falecido, e dona Joaquina da Conceição, com Maria Melchiades Ferreira Pedrosa, filha legitima de Pedro Ferreira Pedrosa e dona Maria Melchiades Pedrosa. O nubente é natural e morador na Freguesia de São João do Cariry, a nubente é natural e moradora nesta Freguesia. No dia seguinte celebrei missa pelos (?), e dei as bênçãos (?): para constar fiz este que assigno. Vigario José Cabral


Para facilitar a exposição nesta matéria, colocamos na mesma imagem o final da página 88 e o início da página seguinte, do citado "Livro de Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e São Bento, de Cabaceiras". Com esta pesquisa complementar conseguimos ampliar nosso conhecimento deste evento retratado na imagem do jornal. 
Nos chama a atenção que o casamento aconteceu em 22 de setembro de 1909 e pouco tempo depois, em 13 de novembro do mesmo ano, já estava em uma das páginas do jornal carioca, "O Malho", o que certamente reforça nossa compreensão acerca da influência econômica e financeira da família Tejo na região. Por hora, esta continua a ser a imagem datada mais antiga que encontramos sobre Barra de São Miguel.


Imagem 03

Esta fotografia é do arquivo particular da Sra. Ermira Maria de Fátima Pinto e com as informações desta e da Sra. Maria das Dores Quirino (Dorinha de Bibi), conseguimos estimar sua datação na segunda década do século XX. Estas informações iniciais foram primordiais para encontramos o seguinte registro no "Livro de Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e São Bento, de Cabaceiras":

Imagem 04
 Neste fragmento, podemos ler:

Aos desessete de Dezembro de mil novecentos e quatorze na Fazenda São Francisco perante as testemunhas Francisco Alexandre dos Santos e Luis Alves da Silva, casamento de Joaquim Quirino Ferreira e Maria Ferreira Canejo, ele filho legitimo de Quirino Eduardo Ferreira e Joaquina Maria da Conceição, natural e residente na Freguesia de S. João do Cariry; ella filha legitima de Francisco Ezequiel Pereira Canejo, falecido, e Theresa Pereira de Jesus, natural e residente nesta Freguesia. Para constar foi assento que assigno. Vigário José Cabral.

Mais uma vez optamos por unir os fragmentos do final da página 163, com o início da página seguinte do livro pesquisado. Com este documento chegamos enfim a datação correta da Imagem 03, que seria do dia 17 de dezembro de 1914.
Nos chama a atenção que, passados cinco anos de um casamento para outro, os cenários são diferentes, (Fazenda Bichinho, o primeiro e, Fazenda São Francisco, o segundo), mas há coincidência que os noivos são irmãos, no caso, Eduardo Ferreira e Joaquim Quirino Ferreira, são filhos de Quirino Eduardo Ferreira e Joaquina Maria da Conceição, ambos declarados como "natural e residente na Freguesia de S. João do Cariry".

Para concluir externamos nossos agradecimentos a todos que colaboraram com as imagens e informações, em especial, pelo incentivo e disponibilidade à pesquisa, agradeço ao Padre João Jorge Rietveld, que atualmente está a frente da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e São Bento de Cabaceiras.

João Paulo França, 12 de abril de 2017

Fonte:


Acervo da Paróquia Nossa Senhora da Conceição e São Bento de Cabaceiras. Livro de Casamentos, número 04.
Acervo particular e entrevista com a Sra. Ermira Maria de Fátima Pinto em 10 de maio de 2016.
Entrevista da Sra. Maria das Dores Quirino (Dorinha de Bibi) em 31 de maio de 2016. 
Jornal “O Malho”. Casamentos no Interior. Rio de Janeiro, edição nº 374 de 13 de novembro de 1909, disponível em http://memoria.bn.br.