1976 - Barra de São Miguel-PB na Revista Avante (Parte 1)

As imagens que veremos neste post remontam ao ano de 1976. Antecipadamente agradeço ao professor amigo José Ezequiel, que por muitos anos lecionou na escola João Pinto da Silva e, hoje, além de professor em Queimadas, edita o Blog Terra de Tataguassu, com imagens e fatos relativos aquela cidade. Em suas pesquisas, o professor "Quiel" encontrou a reportagem que trataremos aqui. Por hora, observemos um recorte que destacamos:

Imagem 1 - Prédio da atual Prefeitura
Esta fotografia faz parte da página 2, que traremos no post 2 desta série, todavia, resolvemos utilizá-la para a abertura da matéria, pois compreendemos que, após a construção da Igreja Católica, este prédio foi o mais importante a ser erguido em Barra de São Miguel. Como nos relata diversos moradores locais, toda esta estrutura foi idealizada pelo Sr. Ismael Samarco Mahon, para ser a sua casa na cidade. O mesmo foi um dos fazendeiros e políticos mais prósperos da região, além de ser o principal articulador da emancipação política do Município, em 1961. 
Todavia, após construir o prédio, o mesmo foi pouco utilizado como moradia pelo Sr. Ismael Mahon e sua família. Assim, tal estrutura acabou sendo vendida para o patrimônio do Município. Como vemos na imagem, no ano de 1976 o mesmo servia de sede da Prefeitura (térreo) e para o Ginásio Municipal (1º andar).
A seguir, analisemos a primeira página sobre Barra de São Miguel, na revista Avante:

Imagem 2 - Folha 1
 Como podemos observar, esta revista funcionava como uma espécie de prestação de contas e ao mesmo tempo promoção dos governos municipais, e isto fica claro em sua forma de edição, que era anual e a distribuição gratuita. Feito este esclarecimento pertinente, vejamos algumas informações interessantes trazidas pela reportagem: Trata-se das realizações da gestão do Sr. Cacildo Guedes Medeiros (1972-1976), entre as quais, destacamos:

Educação, Primeiro Plano
O setor de educação foi colocado em primeiro plano na atual administração (...)
Um dos cinco grupos escolares construído pelo prefeito. (Legenda)
Nada menos de 40 professores são mantidos na missão de levar as primeiras letras às crianças matriculadas, enquanto 6 postos do Mobral se encarregam da alfabetização adulta, com a devida assistência da Prefeitura.
Foram construídos os grupos localizados em Riacho Fundo, denominado “Ramiro Pereira Maia”, Sitio Pata, chamado “Deodato José Barbosa”, Sitio Andrade que levou o nome de “Grupo Escolar Manoel Leite”, além das unidades de ensino em convenio com o MEC, ou seja, Grupo Escolar Deputado Humberto Lucena, da cidade bem como o Grupo Manoel Estevão de Miranda, localizado no Sitio Floresta.
Além disso, iniciou as obras do grupo sediado em Novilho, além de recuperar a unidade escolar Melquíades Tejo, na Sede Municipal.(...)

Outras Educacionais
(...)adquiriu um prédio na cidade instalando além da Prefeitura o Ginásio Comercial.

O amigo leitor pode ampliar a página da revista e ler em sua integralidade o que foi mencionado. Destacamos as informações anteriores por compreender que as mesmas são úteis para esclarecer o período da construção de determinados prédios, principalmente escolares em nosso município, a exemplo do antigo grupo escolar de Floresta, que leva o nome de Manoel Estevão de Miranda.
A seguir, mais um recorte:

Imagem 3 - Prédios na Rua Augusto Corrêa
Na legenda desta imagem se lê: "Predio dos Correios, Telefone e Junta do Serviço Militar são realizações do atual prefeito". Os moradores mais antigos do Município devem guardar em sua memória o funcionamento destas três repartições públicas que eram localizadas na atual Rua Augusto Corrêa.

Em breve, postaremos a página 2 desta revista, que acabou se tornando uma importante fonte histórica para compreendermos um pouco da Barra de São Miguel dos anos 1970.
João Paulo França, 23 de março de 2017


Fonte:

Acervo do Professor José Ezequiel (Quiel Tataguassu)
Revista Avante, Ano 12 – nº 12, publicação anual 1976, Edição Nordeste.