1970 - Chegada da Luz elétrica da SAELPA em Barra de São Miguel - PB (Parte 2)

O ano de 1970 foi muito importante para a população de Barra de São Miguel: a chegada da luz elétrica de Paulo Afonso à sede município. O Governo paraibano obviamente alardeou bastante esta realização e lançou em diversos jornais do período o mote: "Procura-se uma cidade sem luz".
A seguir, vejamos a propaganda de página inteira do dia 26 de abril de 1970 no Diário de Pernambuco:


No texto publicitário é possível lermos:

PROCURA-SE UMA CIDADE SEM LUZ


Na Paraíba, não adianta procurar. Todos os 171 municípios que constituem o Estado estão eletrificados. A SAELPA, órgão responsável pela política de energia elétrica na Paraíba, com a inauguração do sistema elétrico de BARRA DE SÃO MIGUEL, concluiu essa etapa do programa do Governo João Agripino.

Agora a energia de Paulo Afonso atinge todo o território paraibano, levando o desenvolvimento a cada cidade, integrando-as à Nova Paraíba. Década 70. Para cumprimento dessa meta de governo, a SAELPA investiu NCr$ 21.000.000,00, o que representa uma aplicação de NCr$ 15.000,00 por dia, alcançando invejáveis índices de trabalho: 11 e meio dias para eletrificação de cada cidade: 30 postes implantados, por dia.

Agora, graças a esse esforço, todas as cidades com as suas oficinas, suas pequenas e médias indústrias, estão integradas na Nova Paraíba. Década de 70 construída em ritmo de Brasil Grande. Para os seus filhos. Para os filhos de seus filhos também.

João Paulo França, 04 de janeiro de 2018.

Fonte:

Diário de Pernambuco, edição de 26 de abril de 1970.

Leia Também:

1970 - Chegada da Luz elétrica da SAELPA em Barra de São Miguel - PB (Parte 1)